EUROPA – Portugal/Espanha/França/Italia

Final da viagem – considerações

Terminada nossa viagem, passando por 4 países da Europa (Portugal, Espanha e Italia), temos algumas considerações sobre nossa viagem.

PEDÁGIOS -Injustiça cobrar o mesmo valor dos carros nas motos.  Viajamos mais de 70%  em auto estradas com portagem, sendo algumas com valores fixos e outras com valores por km rodados.   São caros, mas as estradas são impecáveis.    Chegamos a pagar até 38 Euros numa portagem da Itália.     Estradas seguras, não vimos nenhum acidente.    Na Espanha a maioria das auto estradas que rodamos não se paga nada.   Em Portugal passamos por auto vias eletrônicas, sem nenhuma construção, nenhum funcionário, somente com avisos de valores e depois vc tem 2 dias pra ir as bancas para fazer o pagamento.     Na França os caixas de pagamentos são mais difíceis pra quem não conhece, mas depois que aprende fica fácil.    Em um deles, que só aceitava cartão de crédito, meu cartão ficou preso, acionei ajuda, e um francês que falava enrolado e eu num portunhol típico, não nos entendemos de jeito nenhum.     Com gestos (ainda bem que libras é uma linguagem universal, que nos salvou de muitos embaraços) ele me entendeu e recuperou meu cartão, enquanto tinha uma fila  enorme de carros me esperando. irk…

 A MOTO – A moto custom Suzuki Intruder com um motor super potente de 1800 cilindradas andou bem nas auto estradas, na média de 150 Km|hora, e nas  estradas secundárias fica um pouco pesada, principalmente nas curvas muito fechada, e nas cidades com transito intenso, e 40º C, esquenta muito……    Uma média de 14 Kms|litro com gasolina de 1,40 E em Portugal e Espanha, e de até 1,90 na França e Itália.    Quando  só faltava o retorno, a moto deu pane na embreagem e era necessário troca o disco de embreagem.        Fiquei chateado, mas a seguradora enviou a moto até Portugal para o conserto.     Voltamos de carro.

FRANÇA –  Visitamos as cidades de Lourdes, Carcassone, Marselha, Nice, Castelane, Riez,  e o Principado de Mônaco.   Marselha é fantástica, inesquecível,  mas se encantamos nas plantações de  Linhaça, uma rota  turística cheia de encanto, e depois as montanhas de Riez que qualquer motociclista se apaixona.    Em Mônaco passeamos de moto pelas ruas da Fórmula Um, nas curvas e no túnel, parecia que o Senna estava na minha frente.

ITALIA – Na Italia, ficamos centralizados em Bologna, num apartamento alugado, e visitamos  Veneza, Ferrara, Padova, Firense, San Gimigliano, Manarola, Maranello, Pisa, Brendola, Vicenza,  La Spezia e Verona.         Quero voltar pra andar de moto só nas estradas secundárias da Toscana.     A Itália é um encanto, nunca vi nada igual.  Tem muita história, tudo muito bem conservada, clássica, e o turismo está em todos lugares. Das  estradas vimos muita indústria, muita agricultura de ponta, tudo perfeito.  Mergulhamos nas águas do Mar Adriático em Rimini, e nas águas do Mediterrânico em Manarola.

GUIA TURÍSTICO – Fomos guiados por meu meu irmão Evaldo, minha cunhada preferida do velho continente Adriana, e os sobrinhos Guilherme e Beatriz.   Enquanto o Evaldo falava até bem o francês e italiano, o Guilherme falava o inglês, e a Adriana falava um alto portugues com todo mundo.   Foram nosso GPS, pois o meu não deu certo na  Europa.   Tiveram a paciência de  esperar tirar nossas vestimentas de moto e colocar no bagageiro no carros nos pontos turísticos.    Nos ensinaram a se virar nos pedágios,   nos postos de gasolina, nos restaurantes, enfim juntos nos divertimos muito.    Além disso ainda iam na frente pagando as contas.    Riram muito das nossas gafes, mas também não deixamos por menos, pois o carro de apoio um BMW 520 comprado exclusivamente pra nos acompanhar na viagem não pode sair de Portugal e foi trocado por um Renault Laguna, e depois na largada da viagem   vimos que o seguro da moto estava atrasado, o que foi resolvido rapidinho.     Em Portugal, pensa na comilança, estamos uns quilinhos acima do peso.   Com certeza, com esse tratamento vip, voltaremos sempre.    Obrigado meus queridos.

POSTOS GASOLINA – Prefiro os postos de abastecimentos do Brasil.   Na maioria deles, você abastece e vai pagar no caixa.    Na França muitos postos não tem nenhum frentista e caixa, é só a bomba, e só recebe no cartão de crédito na máquina.  Com dinheiro, não abastece.  Por isso que o desemprego lá é alto.  Na Itália também é assim nos postos urbanos principalmente nos domingos e feriados.

CARTÃO DE CRÉDITO Essencial numa viagem dessas, tanto o Cartão Visa internacional como o Travelmoney do Banco do Brasil.    Alguns lugares o Travelmoney não era aceito, e num caixa de San Gimigliano quando fui sacar Euros, o caixa prendeu meu cartão.   Ainda bem que tinha o cartão reserva, mas tive que acionar o cancelamento daquele.

AMIGOS   – Em todo lugar tinha brasileiro, mas muito brasileiros mesmo, ou fazendo turismo, ou trabalhando.   Na hora do aperto é só gritar: tem algum brasileiro aí, que aparece um monte…..     Mas fizemos muitos amigos, e em Portugal os amigos do Evaldo ficaram nossos amigos.    O Nuno e Jaqueline, o Julio e a Luzia,  o Tó e Anginha, o Xuxu e a Denise de Luxemburgo, o Vinicius e a Lili  e outros que conhecemos nas festas que todo dia tinha.   Pena que o Ariosto voltou ao Brasil.

DSC06054 DSC06045 DSC06049 DSC06041 DSC06046

DSC06057

Chegamos a Campo Grande, consegui recuperar as fotos que tinha apagado no cartão de memória.

DSC06060

com a nosso amigo português Antonio Manuel, o Tó, e sua esposa brasileira Anginha, direto de Ourém.

00007

Em Fátima, com meu irmão Evaldo, a cunhada Adriana, a sobrinha Beatriz~, a moto Suzuki que viajamos e O BMW 520 que não deu certo para carro de apoio.

00054

No Santuário de Lourdes, na França.

00016

O Tal do Pedágio complicado. Nesse podia pagar com moedas notas e cartão.

00043

Lembrei da minha irmã Lourdes,  e do Albino, é claro…..

00074

Marselle

00075

Marselle

DSC05662

Carcassone, França.

DSC05659

Carcassone, França.

SAMSUNG CSC

Em Riez, na França, vista do centro da cidade à igreja na montanha.

00087 00089

Nas plantações de Lavanda, em Castellane, França.

00134SAMSUNG CSC

Nas montanhas de Riez.

00257

Em Monaco.

SAMSUNG CSC

No Túnel da Formula 1 em Mônaco.

SAMSUNG CSC

Em Veneza.

DSC05450

Em Veneza

SAMSUNG CSC

Em Verona

DSC05763Manarola, Italia


SAMSUNG CSC

No Mar Mediterrâneo, em Manarola

DSC05752

Manarola

DSC05760]Eu e o Evaldo, no Mar Mediterrâneo, em Manarola, Itália.

DSC05635

numa vila próximo a San Gimigliano, com o motociclista italiano Paolo: altos papos….

SAMSUNG CSC

Na Bologna

DSC05809

Na Bologna

DSC05818

Na Bologna

DSC05967

No museu da Ferrari, em Maranello.

SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC DSC05791 DSC05800 DSC05801 DSC05805 DSC05808 DSC05818

Dia 01 de Agosto de 2013 –  Maranello

Pra fechar nosso tour, no ultimo dia em Bologna fomos a Maranello, a 60 kms de Bologna, a cidade da Ferrari.     Fomos ao Museu da Ferrari ee lá vimos todos os carros de Formula 1 até 2012 expostos, além é claro, de todos os modelos de automóveis da Ferrari produzidos e ainda novos projetos.   Simplesmente incrível.

DSC06034DSC05933DSC05942DSC05947DSC05955DSC05965DSC06024DSC05968DSC06015DSC05960DSC06010DSC05986DSC05954

 

 

Tudo muito bom, tudo muito legal, museu foi show de bola, os passeios se acabaram, mas na volta a moto deu prego.   Justamente no ultimo dia, e já com as malas arrumadas para a volta a Portugal.     A embreagem deu pane.    Acionamos a seguradora que prontamente mandou um guincho, levou a moto até uma oficina Suzuki, e diagnosticou pane no disco de embreagem.     Fim de festa, a peça seria pedida e demoraria no minimo uma semana pra chegar.      A  seguradora então ficou de enviar a moto até Portugal e providenciou passagem aérea, taxi, etc….     O meu Irmão Evaldo voltou de avião e nós no carro.

Com o tempo vou postando as fotos de onde passamos

Dia 31 de julho – Vicenza e Brendola

Hoje  voltei às raízes.   Eu, o Evaldo e o Guilherme fomos de carro a Vicenza e Brendola, 120 Kms  de Bologna, proximo a Padova.       Lá onde nossos bisavós paternos viveram .

Em Vicenza, uma linda cidade com igrejas, castelos e construções do século XVII, passeamos pelo centro histórico da cidade.  Lá viveram meus bisavós maternos, familia Bovo, mas não encontramos vestígios.

Em Brendola a 30 km de Vincesa, cidade próxima às montanhas da cordilheira, fomos por estrada secundária passando por vilarejos, muitas curvas, e chegamos a uma região bastante agrícola, principalmente a produção de uvas.       A Cidade nova é moderninha, mas a antiga são pequenos lugarejos encravados nas montanhas.     Lá fomos na Igreja S. Michele, onde meu avô Guglielmo Rigolon foi batizado conforme consta no registro de nascimento dele.     Em frente a igreja encontramos uma cooperativa com uma placa com os nomes do fundadores e constava o nome de meu bisavô Giuseppe Rigolon e seus irmãos Antonio e Gaetano.     Numa vinícolaDSC05867compramos vinho de Brendola e perguntamos sobre a familia Rigolon em Brendola, onde nos falaram que era enorme.    Ficamos só nisso mesmo,  mas encontramos nossas raízes.

Em  Bologna, vamos nos preparando para o retorno a Portugal

Tomando cerveja em Verona
Tomando cerveja em Verona
Em Verona tem de tudo
Em Verona tem de tudo
Na Arena em Verona
Na Arena em Verona
Na mesa de pedra que Romeu e Julieta morreram....
Na mesa de pedra que Romeu e Julieta morreram….
passeando em Verona
passeando em Verona

DSC05812

Amostra de cinema em Bologna ao ar livre
Amostra de cinema em Bologna ao ar livre
passeando em Bologna
passeando em Bologna

Dia 30 de julho de 2013 – Verona

Hoje fomos a Verona, de trem.  Foi maravilhoso a viagem,  com paisagem indescritível numa região de agricultura de alta tecnologia.   Foram 50 minutos de Viagem, saindo num calorzão  e chegando lá com uma chuva agradável.    Depois de 11 dias, foi o melhor clima que tivemos.    Em Verona passeamos pela cidade pitoresca, romântica, e com muita mulher bonita.  A primeira  parte foi a visita na casa de Julieta onde  Romeu comeu a Julieta , segundo Sheakspeare.       Lá tirei uma foto com as mãos  no peito da Julieta .    Visitamos  também a tumba de Julieta.     Ficando sabendo que o Romeu era Pobre. O mais bonito foi a Arena  que é o maior palco do mundo com 3.500 m2.  Hoje tinha a Ópera Aída, ma não s fomos porque não tinha mais ingresso e  também  voltamos às 9 da noite.

SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSCSAMSUNG CSC

Na terra de Romeu e Julita, visitamos o Castelo V

Dia 29 de julho 2013 – Bologna

Dormimos até meio dia, almoçamos e dormimos de novo.     Era tanta canseira que todos estavam pregados.    A Tarde fomos conhecer os parques de Bologna, depois o centro onde a noite na Piaza Maggiore, a mais importante da cidade, assistimos cinema ao ar livre, na amostra de cinema  mais importante da Itália.   O Filme: O Artista.     Chegamos no AP quase 1:00 da manhã, num calor da cacete, e o Wi-fi do AP é uma m……

Dia 27 de julho de 2013 – Pisa e Cinque Terre

De Firense fomos a Pisa, cerca de 100 kms, onde andamos a pé pelo centro turístico e chegamos até a torre de pisa.       De lá  fomos a Porto Venere,  La Spesia, Rio Maggiore, Viareggio (onde almoçamos e comprei um belo capacete Italiano, o ultimo lançamento da Nolan) e Manarola.   São cidades litorâneas encravadas em Montanhas que compões a rota turística de  Cinque térre.      Praias do mar mediterrâneo linPisa Manarola DSC05739 DSC05697 DSC05760das, lindas.     Em Porto Vénere, não conseguimos estacionar nem a moto,  e seguimos para Manarola.     Subimos uma montanha cheia de curvas, a mais increme que já subi de moto em toda minha vida motociclistica, e com a Suzuki 1800 super pesada, haja braço pra fazer aquelas curvas.    Em Manarola, com menor fluxo de turistas, estacionamos  e descemos a pé por escadarias que não acabavam nunca, até chegar naquele paraíso de águas azuis.

SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC DSC05743 DSC05767 DSC05760 DSC05754 DSC05763 DSC05743

SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC DSC05732 DSC05739 DSC05734

Dia 26 de julho 2013 – Firense – San Gimiguiano

Chegamos a pouco no Hotel em Firense.  São 23 horas e o dia foi cansativo mas maravilhoso.   Saimos de Bologna a Firense, 130 Km de auto estrada cheia de curvas, e em Firense  visitamos a Catedral de Santa Cruz  com os restos mortais de Michelangelo,  Machiavel, Dante Alhigieri, Galileu Galilei, Leonardo da Vinci  e outros famosos (espetacular!!!).    Depois passamos  no Palazzo Vechio, Galeria de los Uffizi, Piazzale Michelangelo,  e depois ao DUOMO onde  aprendemos os segredos do  Campanário de Giotto, do batistério com as portas douradas e ainda a Porta do Paraíso, e andamos por toda Florença.    È de numa mais esquecer….   A história de tudo isso é de arrepiar….

A Tarde fomos à  San Gimiguiano, pelas estradas secundárias cheia de curvas, sob o sol escaldante da Toscana  de paisagem maravilhosas, nas colinas de Chianti, rotas do vinho, onde tomamos todos……   Em San Gimigliano , um cidade medieval conhecida pelo seu vinho branco chamado  Vernaccia e suas torres, passeamos pela cidade toda cheia de torres e muralhas de mais de 800 anos, tomamos cerveja italiana Moretti e  vinho Vernaccia,  Aí a pilotagem fica mais leve…..

DSC05852 SAMSUNG CSC DSC05545 DSC05555 DSC05557 DSC05560 DSC05564 DSC05569 DSC05570 DSC05575 DSC05580 DSC05573 DSC05588 DSC05589 DSC05633 DSC05632 DSC05597

DSC05636 DSC05652 DSC05653 DSC05656 DSC05660 DSC05662 DSC05665 DSC05669 DSC05673 DSC05675 DSC05681 DSC05678 DSC05672

Hoje que reduzi o formato das fotos, esqueci o cabo da máquina……

Amanhã vamos a Pisa e Cinque-terre…..

Dia 25 de julho de 2013 –  Rimini

Depois da canseira de ontem fomos passar o dia na praia.    A 110 kms de Bologna fica a cidade praiana de Rimini.   Depois de passar por Imola, San Marino, chegamos numa praia chic, nada parecido com as prais do Brasil.   Ninguem oferecendo queijo coalho, camarão e outras  bugigangas.   Tudo muito limpo e organizado, e as aguas  quentes do Adriático são deliciosas.    Hoje  a moto marcou 3200 kms, num calor de 40º, e  isso não coisa pra qualquer um, né Marcio!!!!!

SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC DSC05518 DSC05521 DSC05524 DSC05528 DSC05526

Amanhã vamos a região de Firense, San Gimigliano……..

abração a todos…..

Dia 24 de julho 2013 – Padova e Veneza

Voltamos às minhas origens, fomos a  Padova a cidade de meus antecedentes maternos, onde me senti  que já vivi por estas bandas.    Fomos na  Cadetral de Santa Giustina e na  Catedral de Santo Antonio, onde coloquei as no tumulo do Santo Antonio e pedi um ajudinha pra minha querida cunhada : Angela.      O Tumulo tremeu e tive que tirar as maõs, mas acho que valeu a intensão e vamos ter resultados. Se der resultado terei que voltar aqui pra pagar a promessa.      Dica: mulheres que adentrarem às igrejas de Padova com roupas indecentes (minha cunhada Adriana), tem  que usar capas fornecidas gratuitamente e descartáveis pela igreja.

Depois fomos a Veneza, estacionamos a moto em Mestre, almoçamos em um Ristorante ao lado da estação ferroviaria, e  fomos de trem até Veneza.   Lá  andamos de vaporetto até a Piazza de San Marco, jogamos milho aos pombos e desidratamos de tanto calor: 40 Graus.

Tinha mais chineses do que pombos, e depois os brasileiros fugindo do Papa argentino.

Passeamos de Gondola pelos  belos canais de Veneza, conhecemos a casa que  Mozart esteve hospedado e os detalhes da fuga do Casanova

Conhecemos a produção dos cristais de Murano, compramos mascaras fabricadas na China como todo brasileiro.    Tomamos cerveja num barzinho chines, porque no Hard Rock café ninguém nos deu atenção apesar das notas de 200 Euros que ostentavamos.

Na Auto estrada rodamos a 150 kms por hora e no único dia que não levei a capa de chuva, choveu….      O cartão moneycard do BB não funciona na maioria dos postos italianos.   A gosolina aqui é cara pra cacete: 1, 80 euros por litro.    Uma água mineral pequena é 4 euros.

DSC05513 SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC DSC05436 DSC05461 DSC05503 DSC05450 DSC05494

Em Padova - Italia
Em Padova – Italia

DSC05385 SAMSUNG CSC DSC05381 DSC05395 DSC05402 DSC05418 DSC05414 DSC05408 DSC05411 DSC05412 DSC05407 DSC05403

Dia 23 de julho 2013 – Bologna e Ferrara (Italia)

Na Bologna, acondicionados num AP no centro da cidade, hoje fizemos um tour visitando as 75 torres  construídas a trocentos anos.   Tudo muito antigo e bem cuidado.    A tarde fomos a Ferrara, outra cidade bastante antiga, construídas a mais de mil anos, muto bonita.

Não estou conseguindo postar algumas fotos, primeiro porque o wi-fi no AP é uma merda, depois porque fiz umas cag….. na hora de passar para o note, e ainda as fotos tiradas pelo guia é de alta resolução e não tenho saco pra ficar reduzindo uma a uma.

SAMSUNG CSC DSC05371 DSC05363 DSC05367 DSC05355 SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC

22 de julho 2013 – Nice a Bologna (Italia)

De  Nice fomos direto ao Principado de Monaco onde passamos de moto pelas ruas onde  é realizado o Grande  Premio de Formula-1.    Chegamos num calor infernal e um transito cheio de sinaleiros que demoravam muito e o sol escaldante parecia o Airton Senna depois daquelas corridas da formula-1. Depois de aprender a lidar com os franceses, de falar muita coisa em frances, de aprender a lidar com os pedágios, dos postos de gasolina sem ninguem pra atender que só se paga pelo cartão quando inda passa, das lanchonetes na rodovia que só tem maquina de vender aqueles lanchinhos fuleiros, já entramos na Italia e agora tenho que começar tudo de novo….

SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC SAMSUNG CSC

21 de julho 2013 – Marselle a Nice (França)

Hoje foi o dia de mais aventuras, saímos do roteiro e de Marselle fomos curtir as rotas da Lavanda. Fomos até a cidade de Riez, onde pegamos a expo\lavanda, mas não entramos , tinha muita gente.    Visitamos lugares bonitos principalmente as plantações de lavanda, muito, mas muito bonito mesmo.   As cores das flores roxinhas era de encantar.   De Riez, sem querer inventamos de ir a Castellane para depois chegar em Cannes, mas não sabíamos da grande surpresa: a cordilheira dos Alpes, muita montanha, mas muita montanha, e de moto aquilo é um sonho de qualquer motociclista.    Lembra muita a Suiça.    O dia que der tempo vou postar as fotos.     Garanto que aqui o Heitor vai querer vim…..

Rodamos 330 Kms  dos quais 250 só de motanha, até os meu guias Evaldo e Adriana curtiram as estradas montanhosas na moto e ficaram apaixonados.

Passamos  por Cannes e chegamos a Nice onde vamos pernoitar.    agora chega, vou tomar uma gelada, porque o dia foi cansativo, mas inesquecivel…..

 

20 de julho 2013 – Paú a Marselle (França)

Andamos 630 kms com alta temperatura, parecia 40 graus.     Fomos  conhecer o  santuário de Lourdes, depois Carcassone, a cidade mais medieval da França.     Chegamos em Marselle, onde passeamos pela cidade, jantamos e fomos dormir porque ninguém é de ferro.   kkkk    Só não me dei bem foi com os pedágios franceses, sempre errando o portal que pagava com moedas e ou cartão.     Quando entrava num de cartão o cartão não passava e quando ia pagar com moedas, só podia pagar com cartão,  lembrei do Brasil……

Fotos só quando der tempo……   abração a todos porque agora depois de umas cervejas francesas vou tomar um relaxante muscular, porque o corpo  dói todo……  e dormir….

amanhã vamos ver as plantações de lavanda de Marselle, depois conhecer Monaco e dormiremos em Genova….

19 de julho 2013 – De Fátima (Portugal) a Paú (França)

Hoje saímos de Fatima (Portugal) às 8:00 da manhã, passando por Salamanca, Valladolid, Burgos, Vitória Gasteiz, San Sebastian, Bayone e Pau.     Fechamos o dia com 1060 kms, e dormimos no Pau (França).    Isso mesmo, dorminos no PAU, uma bonita Cida francesa próximo a Toulose.    A moto Suzuki 1800 cc deu conta do recado, andando de 140 a 160 kms\hora, protegidos pela nossa guia Adriana e Evaldo, com o carro de apoio BMW 520.   Pena que no hotel Ibis de Pau não tem wi-fi, e só postaremos amanhã se der tempo, pois amanhã vamos dar um passeio em Carcassone e dormiremos em Marselle.        Hoje entremos na cidade de Burgos, na Espanha, e  achamos uma bela cidade, limpa, bonita, charmosa e moderna.     O mais difícil foi se acertar nos  pedágios e falar o Frances.      O meu Frances ta ruim demais…….  prescisamos estudar mais, irk.     Ainda bem que nossos guias salvam a gente de cada situação.       Hoje só andamos em auto vias, e amanhã também

Portugal à Itália.   Em 19 de julho 2013.

portugal italia11 (3)33

Na Italia ficaremos em Bologna.

A moto

Moto R 1800

Essa é a moto que faremos nossa viagem, uma Suzuki R 1800.     Já somos clientes do proprietário dela em Portugal.     Desta vez estará com pneus novos, Sissy-bar, revisada,  um carro para Apoio e um guia.   Enquanto isso vamos nos preparando……..

3 comentários em “EUROPA – Portugal/Espanha/França/Italia

Adicione o seu

  1. A Betinha e a Gelca e a Prof. Janete vo estar na Europa, comeando por Madri, na segunda quinzena de Julho; embarcando em Salvador;depois ligamos, vo ficar 17 dias por la e realizar vrias viagens internamente na Europa. Forte abrao. Gut. Date: Fri, 26 Apr 2013 21:43:53 +0000 To: gutpereira@hotmail.com

  2. Ola, maravilha, muito bom ainda mais gostando, só de saber que vocês gostam desse passeio eu me sinto realizado pelo bom gosto de voces, que DEUS possa abençoa-los grademente neste maravilhoso passeio. bjs.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: