SERRAS RASTRO DA SERPENTE, GRACIOSA, DA BANANA E DONA FRANCISCA

Dia 19 de Janeiro 2019 – Ivinhema à Campo Grande – 290 Kms – Final da viagem. Foram 2938 Kms de viagem, sem nenhum problemas com as motos, com os condutores motociclistas e com as garupatroas. As boas companhias nas viagens fazem com que as viagens fiquem ótimas…

Dia 18 de janeiro 2019 – Ponta Grossa a Ivinhema (MS) – 660 kms – das 9 as 17 horas. A convite de nossos amigos de Ivinhema Zezo & Valeria, saboreamos uma picanha regada a Stela Artrois, em sua casa em Ivinhema.

Dia 17 de janeiro 2019 – Pomerode / São Bento do Sul / Ponta Grossa – 391 kms – nesses trechos passamos pela Serra da Banana, Serra dona Francisca e ainda a Estrada Bonita. Chegamos em Ponta Grossa debaixo de chuva as 18 horas e nos alojamos no bom hotel 10. Na Br 101 entramos na estrada bonita e almoçamos no restaurante “estrada bonita, e tomamos aquele banho de cachoeira.

Dia 16 de janeiro 2019 – Blumenau a Pomerode – 51 kms – saimos de Blumenau por volta do meio dia e rapidinho chegamos Pomerode, que nesta semana realiza a 36ª Festa Pomerana, uma das mais tradicionais festas Alemã no Brasil. Fomos bebericar as famosas cerveja fabricadas na cidade e um almoço bem alemão, com direito a joelho de porco, e outras mil delicias regionais. Diante de tanta cerveja e tanta comida e um calor de 40 graus, a tardinha passamos na piscina do hotel. A noite fomos na festa pomerana, onde encontramos com nosso amigo catarinense motociclista Paza e sua esposa Edna. Muita musica tradicional, desfiles, apresentação das lindas rainhas e princesas da festa, muita salsichão alemão regado as cervejas locais

Dia 15 de janeiro 2019 – Itapoá a Blumenau- 143 km – passamos a manha toda na praia de Itapoá, e as 12 horas partimos pra estrada a caminho de Blumenau.  La fomos direto a vila germânica tomar aquele hiper chopp, num calorzão de 38 graus.  A noite churrasco na casa de nosso amigo de longa viagem, Raul.

Dia 14 de Janeiro 2019 – De Curitiba a Itapoá – Entramos na Serra Graciosa por Quatro Barras, e nos encantamos com o verde das matas, as curvas sinuosas, num dia de sol maravilhoso, seguindo até Antonina e depois Morretes, onde fomos no restaurante Madalozzodegustar o prato mais tradicional da região, o Barreado. Seguimos para Matinhos, ferry para Guaratuba, e nossa meta era chegar em Itapoá e pegar o ferry para São Francisco do Sul, mas pegamos uma chuva muito forte antes de chegar em Itapoá, e resolvemos pernoitar e Itapoá na Pousada Nils. Nossos amigos Sergio e Rose ficaram em Guaratuba e não seguiriam mais a viagem, pois estava com fortes dores lombares, ia descansar por alguns dias em Guaratuba

Dia 13 de janeiro 2019 – De Capão Bonito para Curitiba – 244 kms – das 9 as 14:30 horas. São 1200 curvas em estradas impecáveis, bem sinalizadas, curvas raspando as botas, desenhando assim os rastros de uma serpente, passando por Apiaí, Ribeira, Tunas e Bocaiuva do Sul, pequenas cidades, em altitudes máximas de 1150 metros, com tempo muito bom nesse domingo ensolarado. Muitas motos nessa estrada hoje, especialmente por ser domingo, onde se pode ver as mais diferentes motos fazendo essas curvas…

A noite fomos na casa do Gil & Zaclis num jantar especial oferecidos a nossa turma. Chegamos la debaixo de uma tromba d’agua, e o churrasco saiu debaixo do guarda sol. Por la também nosso amigo de mais de 50 anos, motociclista, fotografo, os simpáticos Milton & Sandra

Dia 12 de janeiro 2019 – Campo Grande a Capão Bonito SP – 909 kms – das 6:30 as 19:00 horas – Encontramos com os amigos Zezo & Valeria de Ivinhema, e o Sergio Bogini & Rose de Nova Andradina, em Casa Verde. O tempo bom, muito sol, estradas boas ate Ourinhos, depois pegamos a Rod Raposo Tavares, em reforma e asfalto tipo tapa buraco. Em Capão Bonito fomos direto no Portal da Serra, onde degustamos as cervejas serramalte, heineken, eisembach, estela artrois, bud e outras, e tiramos fotos no portal da serra rastro da serpente. Fomos dormir cansados e chapados.

Amanha tem serras…

Dia 12 de janeiro programamos rodar de moto pelas serras Rastro da Serpente, fronteira entre os estados de São Paulo e Parana, nos municípios de Capão Bonito e Apiaí; Graciosa, de Curitiba a Morretes e Antonina; Serras da Banana e Dona Francisca em Santa Catarina; e finalizando na cidade mais alemã do Brasil: Pomerode/SC. Convidado do meu amigo Zezo de Ivinhema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: